Vacinas para uma viagem ao Laos e Camboja

Vacinas para uma viagem ao Laos e Camboja

Uma das perguntas que nos fazemos quando vamos viajar para países distantes, é se o país em questão há risco de contrair alguma doença e, portanto, se tem que vacinar antes de partir. Para minha próxima viagem ao sudeste asiático, em que pisaremos chão da Tailândia e percorreremos Laos e parte do Camboja, entrei em contato com o escritório de saúde fora de minha cidade para me guiar que tipo de vacinas são obrigatórias e que precauções devo tomar durante a viagem. É importante que chameis pelo menos dois meses de antecedência para marcar a visita já que algumas vacinas precisam de uma dose de lembranças de um mês. Uma vez que termine a consulta terá que ir ao seu médico de família para que vos receten todas as vacinas necessárias, que não são poucas….
No nosso caso, Laos e Camboja estas são as vacinas que nos recomenda saúde exterior ( mas atenção, não são obrigatórias):
– Hepatite A: 2 doses com 6 meses de intervalo. E se protege durante 25 anos.
– Hepatite B: Em 3 doses, por isso é importante entrar a primeira 6-8 semanas antes de partir, a segunda, no mês seguinte, e a última a 6 meses após a primeira.
– Tetanos – difteria: Uma dose de lembrança, já que há muito tempo da última vez……
– Febre tifóide: doença infecciosa causada por uma bactéria, que é contraída através de água e alimentos contaminados. Tomaremos Vivotif, uma vacina oral ( comprimidos para enterdernos) em três doses a tomar a cada dois dias. Há que levá-los, pelo menos 15 dias antes de partir.
– Raiva: É uma infecção intestinal aguda, causada pela ingestão de alimentos ou água contaminada. Nos mandam Dukoral, uma vacina bebible que é tomada em duas doses, com um intervalo de 7 dias ( para levar, no mínimo, uma semana antes de partir).
– Malária: Para a prevenção da malária nos recomendam Malarone, apesar de que não é obrigatório se você não vai áreas muito remotas. A maior parte dos casos estão ocorrendo na zona sul de Laos assim, haverá que tomar precauções nesta parte do país: manga longa a certas horas e muito repelente de mosquitos ( que por sinal, se você tem iphone estão disponíveis várias aplicações que os auyenta…).

Isso é tudo, o que não é pouco. Para viajar para esses países de forma segura tem que sofrer um pouco e, embora este tema seja um pouco chato, tomar alguns comprimidos e receber alguns furos, é algo que temos que fazer se queremos desfrutar de forma segura de nossa viagem. E como somos muito obedientes e vamos mochila às costas e por nossa conta, nós estamos colocando todas. Eu estou pegando gustillo para tanto furo e medicação….
Já contaremos mais adiante algumas recomendações médicas e como preparar um kit de viagem básico para uma viagem de longa duração ao sudeste asiático, Laos e Camboja, em nosso caso. Espero não ter assustado muito!
Links de interesse
– Site de Saúde exterior.
– Centros de vacinação em Portugal.
– Site da Organização Mundial de saúde ( OMS).
– Informações sobre a malária ( wikipédia).
– Informação sobre a febre tifóide ( wikipédia).
– Informações sobre o cólera ( OMS).
PS: aliás, esse mês o nosso blog está de parabéns, já que skyscanner nos foi nomeado blog do mês de Junho, o que nos enche de orgulho e satisfação…..Muito obrigado!!! Continuaremos usando esta ferramenta excelente para encontrar voos a todo o mundo.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *